• SEEB Juazeiro

Em Dia Nacional de Luta, bancários de Juazeiro e Região protestam contra as demissões do Banco Brade


Os bancários de Juazeiro e Região protestam nesta terça-feira (23), contra a onda de demissões que vem sendo promovida pelo banco e que já fechou 8.547 postos de trabalho e 1.088 agências em doze meses.


O protesto, faz parte do Dia Nacional de luta contra as demissões no Banco Bradesco, que acontece simultaneamente em todos os estados.


O Dia Nacional de Luta Contra as Demissões no Banco Bradesco faz parte de uma campanha que o movimento sindical bancário realiza em todo o país, com o objetivo de denunciar a quebra do compromisso assumido pela Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), feito em mesa de negociação com o Comando Nacional Bancário, de não realizar demissões durante a pandemia.


Os bancos já demitiram mais de 12 mil trabalhadores este ano, de acordo com do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério da Economia. Um claro descumprimento ao acordo firmado em março.


“Na nossa base os bancários estão sendo demitidos em plena a pandemia, não justifica essa decisão, eles estão tendo lucros exorbitantes e estão querendo cobrar metas absurdas. O Bradesco não respeita o momento que a população brasileira vem passando com as perdas dos entes queridos, isso é um absurdo”, afirmou o presidente dos Bancários de Juazeiro e Região, Maribaldes da Purificação.

2 visualizações

Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM