© Copyright 2017 - Sindicado dos Bancários de Juazeiro e Região (SEEB)
Rua Sete de Setembro, nº 71 - Centro - Juazeiro/BA - CEP: 48.903-670
Fone: (74) 3611-3312 - E-mail: seebjuazeiroeregiao@yahoo.com.br
Todos os Direitos Reservados.

Trabalho informal não garante benefícios no país

24.10.2018

É preciso bastante coragem para encarar a informalidade do Brasil. O autônomo precisa faturar o dobro para manter o mesmo salário, padrão e benefícios equivalentes ao de um empregado CLT. 

O trabalhador informal deve ganhar R$ 10.519,76 para tentar equiparar aos benefícios que não possuem garantidos na carteira assinada em relação àquele que ganha em média R$ 5.148,00 formalmente. Os dados são do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). 

A crise econômica empurrou mais de 12,5 milhões de brasileiros para o desemprego e outros 37 milhões para atividades como trabalho por conta própria e emprego sem carteira, aponta o IBGE. 

Os dados não deixam dúvidas. Os ganhos do trabalho informal é uma ilusão. No fim das contas, o dinheiro não dá para pagar plano de saúde, odontológico, lazer ou segurança. Apenas para o básico. Triste realidade.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Vídeos

Please reload

Busca