• Bancários Juazeiro

Santander ainda insiste em desconto da PLR


O Santander parece ter dificuldades em entender o conceito de doação voluntária, e de livre espontânea vontade. A direção do banco ainda insiste no desconto automático de 1% da PLR (Participação nos Lucros e Resultados) dos funcionários, que será destinado para o programa Sonhos Que Transformam.

A coação para que os bancários façam a doação acontece desde dezembro. Quem não quiser contribuir deve manifestar a contrariedade até o dia 30 de janeiro, através de link fornecido pelo banco. Caso contrário, o desconto será debitado automaticamente da conta em 28 de fevereiro, data prevista para sair a segunda parcela da PLR.

O incentivo a entidades que promovem ações sociais é positivo e necessário, diante de uma sociedade tão injusta e desigual. Mas deve ser manifestada naturalmente pelo cidadão e não o contrário, como faz o Santander.

Não é só isso. A boa iniciativa da empresa inclui apenas os funcionários que estão na base, porque os altos executivos, aqueles que recebem parte considerável da variável em ações, não são cobrados a nada.

3 visualizações

Busca

Outras Notícias