• SEEB Juazeiro

Situação econômica só piora para os brasileiros



Viver no Brasil não está nada fácil na atual conjuntura. A política ultraliberal e genocida do governo Bolsonaro faz a vida piorar para a imensa maioria dos brasileiros e 45,6% dizem que a situação financeira está ruim, aponta pesquisa Datafolha.

A pandemia e a falta de apoio do governo Bolsonaro às micro e pesquisas empresas e à população mais carente e também contribuem para o aperto nas contas.

Com Bolsonaro, o desemprego disparou - quase 15 milhões estão sem trabalho -, o custo de vida está nas alturas com os aumentos dos preços dos alimentos, da energia, dos combustíveis, a inflação é recorde e o salário não eleva.

De acordo com o levantamento, 41,7% dos brasileiros conseguiram frear os gastos e manter o mesmo padrão e 12,6% melhoraram os rendimentos. O Datafolha ainda aponta que os não brancos e os mais pobres são os que mais sentem a vida piorar. Para as pessoas de cor amarela, as perdas financeiras foram de 56%, as pretas (51%), pardas (46%), enquanto que na população branca 42% dizem que passam por aperto.

Quando o recorte é feito por renda familiar, 54% dos que ganham até dois salários mínimos (R$ 2.200,00) dizem que a situação financeira piorou. A crise passa bem longe para 59% dos brasileiros mais ricos. Inclusive, desse universo, 19% viram a renda melhorar na pandemia.

1 visualização

Busca

Outras Notícias