top of page
  • SEEB Juazeiro

Rotativo do cartão de crédito é armadilha. Se ligue



Sempre querendo lucrar mias, os banqueiros, financiadores da necropolítica do governo Bolsonaro, elevaram os juros e tarifas, independentemente da situação socioeconômica do país devido à pandemia. Os clientes que se virem para arcar com as despesas, apesar dos mais de 13 milhões de desempregados. Muitas vezes, as armadilhas dos bancos, escondidas atrás do dinheiro fácil, viram uma bola de neve.

A taxa de juros para pessoa física está em 28,66% ao ano. Já a cobrança do cartão de crédito rotativo, linha de crédito mais cara do mercado, chega a absurdos 349,62%. A modalidade ajuda endividar ainda mais milhões de famílias que estão contando moedas com um salário mínimo desvalorizado. Inclusive, em 2021, o uso da modalidade foi o maior nos últimos 10 anos.

Ao recorrer ao rotativo, o endividamento familiar alcançou 50,41% de todos os rendimentos e 27,87% da renda ficou comprometida com o sistema financeiro. O percentual de famílias com dívidas em atraso cresceu 10 pontos percentuais em um ano. O cartão de crédito corresponde a 87,1% dos débitos dos brasileiros. Fonte: Bancários Bahia

5 visualizações

コメント


Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM
bottom of page