• SEEB Juazeiro

Risco de morrer por Covid-19 é maior para negros



No Brasil, as desigualdades de raça e gênero influenciam no risco de morte por Covid-19. Isso mesmo entre as pessoas que exercem as mesmas atividades profissionais e os que estão no topo da pirâmide social. Homens negros e mulheres brancas e negras têm mais chance de morrer por conta da doença do que homens brancos.

Foi o que revelou estudo do grupo ligado à Rede de Pesquisa Solidária, que reúne várias instituições públicas e privadas. Em todas as atividades, exceto na agricultura, os homens negros correm mais riscos do que os brancos. O perigo para homens negros é 43% maior entre advogados. No caso dos engenheiros e arquitetos, é 44% maior.

Quando a análise foi feita com mulheres negras, as que estão na base da pirâmide social se arriscam muito mais. Para as que atuam em serviços domésticos, por exemplo, o risco de morte por Covid-19 é 112% maior do que o enfrentado por brancos. Já as empregadas domésticas brancas, têm risco de morte 73% maior do que homens brancos.


Fonte: Bancários Bahia.

1 visualização

Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM