• SEEB Juazeiro

Pandemia é muito temida pelos brasileiros


A necropolítica adotada pelo governo Bolsonaro deixa os brasileiros com medo. Com toda razão. Quase 500 mil pessoas perderam a vida em 15 meses de pandemia e a CPI da Covid-19 revela, aos poucos, que milhares mortes poderiam ter sido evitadas.

Um relatório Mundo em Trauma, feito pela agência Edelman, revela que 90% dos brasileiros ainda temem muito a crise sanitária, contra 65% dos alemães, 56% dos norte-americanos e 35% dos chineses. O descontrole da pandemia e o ritmo lento da vacinação explicam o alto índice do Brasil.

O estudo reforça o que se observa na prática: a disparidade entre um mundo que começa a retomar a vida normal e um Brasil imerso na crise, com uma quantidade muito grande de pessoas contaminadas e morrendo todos os dias.

Nem mesmo os poucos brasileiros que completaram o esquema vacinal estão otimistas. Apenas 10% se dizem seguros de permitir aos filhos retornar à escola, por exemplo. A maioria reluta em voltar à rotina fora de casa enquanto o cenário nacional não melhorar efetivamente.

1 visualização

Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM