• SEEB Juazeiro

Mobilização dos bancários do Santander nas redes




A partir das 10h desta quarta-feira (24/11), sindicatos, bancários e toda sociedade vão denunciar a atitude do Santander. O banco espanhol está abrindo empresas e realocando o funcionário para realizar os serviços nestes locais, mas como se fosse outra categoria. Tudo para reduzir direitos e salários.

Contra a terceirização, que achata as remunerações dos trabalhadores, todos devem usar a hashtag #SantanderSomosBancários!. O Santander transfere funcionários através da criação de novas empresas, com CNPJs diferentes, e os retira da categoria.

Para piorar, corta a remuneração e os direitos, pois retira as garantias da CCT (Convenção Coletiva de Trabalho) dos bancários. Um absurdo para uma empresa que registrou lucratividade de R$ 12,5 bilhões nos primeiros nove meses de 2021.

O resultado do Brasil demonstra que a prática é injustificável. O país responde por 27,6% do lucro global do grupo Santander, mas os empregados brasileiros sofrem com assédio moral, cobrança abusiva por metas e terceirização. Fonte: Bancários Bahia

0 visualização

Busca

Outras Notícias