top of page
  • SEEB Juazeiro

Juros altos do BC impedem o crescimento




A taxa básica de juros – mantida pelo Banco Central em 13,75% ao ano, a mais alta do mundo – impede a retomada do crescimento econômico do Brasil. A Selic em níveis tão elevados gera prejuízos para a indústria, o comércio e a geração de emprego.

Para se ter ideia, o país abriu apenas 241,78 mil vagas com carteira assinada em fevereiro deste ano, o que significa uma queda de 31,6% na comparação com o mesmo período de 2022, quando foram abertos 353,29 mil empregos formais. Os dados são do Ministério do Trabalho e Emprego.

O resultado demonstra que a Selic altíssima, preservada pelo presidente do BC, Roberto Campos, com a falsa justificativa de conter pressões inflacionárias, mantém o país longe do número ideal de trabalho formal. Não à toa, o presidente Lula vem travando uma verdadeira batalha pela redução dos juros.

Importante destacar que o Sindicato dos Bancários da Bahia, a imensa maioria da população brasileira, e outras entidades representativas pressionam o Banco Central pela redução Selic. Do jeito que está, só os especuladores ganham, enquanto a boa parte dos brasileiros é penalizada.

Bancários Bahia

2 visualizações

Comentarios


Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM
bottom of page