• SEEB Juazeiro

Crescem os casos de síndrome respiratória no país



Uma das principais consequências da Covid-19 é a SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave), que vem crescendo no país. Segundo dados do InfoGripe, da Fiocruz, quarto estados, Bahia, Paraná, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte apresentaram tendência de crescimento de longo prazo, referente às últimas seis semanas.

De acordo com a Fundação, em outros 10 estados os sinais são de alta em curto prazo, sendo que somente em cinco estados existe a tendência de queda e o restante encontram-se estabilizados. O que dificulta a pesquisa, segundo a Fiocruz, são os casos subnotificados, a exemplo do Mato Grosso, que utiliza sistemas diferentes de contagem.

Com os casos elevados no Brasil, a Fiocruz ressalta a necessidade de manutenção de medidas de proteção, como o uso de máscaras e o distanciamento social. A flexibilização é um dos pontos a ser reavaliado com o crescimento de casos.

Outro dado apontado pela pesquisa é sobre os indicadores de transmissão comunitária, que coloca todo o território brasileiro em estado de atenção. Caso não seja realizada mobilização do governo e da população, os números de hospitalizações e óbitos vão continuar nas alturas.


Fonte: Bancários Bahia.

6 visualizações

Busca

Outras Notícias