• SEEB Juazeiro

Brasileiros defendem alta de imposto para ricos


Com o objetivo de financiar políticas públicas sociais, como educação, moradia e saúde, 84% dos brasileiros apoiam o aumento de impostos para os mais ricos. O dado é da pesquisa Oxfam Brasil/Datafolha, que revela também que 56% dos entrevistados defendem o aumento de tributos para os serviços.

A população tem tomado consciência de quem deve pagara conta. Tanto que o percentual dos que defendem pelo aumento da tributação dos mais ricos está crescendo. De 2019 para 2020, o apoio subiu 25%, saindo de de 31% para 56% no ano passado.

O levantamento também mostrou que 86% dos brasileiros afirmam que o governo federal tem a obrigação de reduzir a diferença entre os mais ricos e os mais pobres, além de diminuir as desigualdades regionais. Outro fato importante analisado sobre desigualdade salarial entre homens e mulheres, e brancos e negros, é que 76% afirmam que a cor da pele influencia na hora da contratação, 58% afirmaram que os negros ganham menos por serem negros e 67% das pessoas afirmam que o fato de ser mulher impacta negativamente.

Quando perguntado sobre a pandemia, 62% dos entrevistados apoiam a manutenção do auxílio emergencial. O dado reforça a insatisfação das pessoas com o governo Bolsonaro, que marginaliza milhares de brasileiros num momento tão caótico e devastador.

2 visualizações

Busca

Outras Notícias