• SEEB Juazeiro

Brasileiro fica mais de 2 anos a procura de trabalho



A situação do mercado de trabalho segue complicada com a política ultraliberal do governo Bolsonaro. O Brasil chegou ao quarto trimestre de 2021 com mais de 30% dos cerca de 12,1 milhões de desempregados em busca de uma vaga há dois anos ou mais.

De acordo com o Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), o percentual é o maior da série histórica, iniciada em 2012. O levantamento mostra ainda que no primeiro trimestre de 2021, entre todos os desempregados, 23,5% procuravam trabalho há dois anos ou mais.

A proporção subiu para de 25,7% no segundo trimestre e para 30,3% no quarto trimestre. Com as portas das empresas fechadas, aos brasileiros só resta fazer bicos por conta própria ou aceitar trabalho sem carteira assinada.

O estudo do Ipea revela que o total de empregos informais cresceu mais do que os formais na comparação entre 2020 e 2021. O contingente de ocupados sem carteira expandiu 19,8%. Já o de pessoas que trabalham por conta própria cresceu 10,3%. Fonte: Bancários Bahia

0 visualização

Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM