• SEEB Juazeiro

Brasil tem a pior situação econômica entre 24 países



Como resultado da política ultraliberal de Bolsonaro, o país tem um dos piores índices econômicos do mundo. Juntamente com a Turquia, também governada pela extrema direita, o Brasil aparece entre as 24 nações mais ricas que têm taxa de juros, desemprego e inflação acima de 10%.

Segundo a agência de classificação de risco Austin Rating, o Brasil tem hoje a quarta maior taxa de juros entre os países mais ricos, com 12,75% ao ano, ficando atrás somente da Argentina, Rússia e Turquia. Também tem a quarta maior inflação, com 11,3% no acumulado em 12 meses, sendo que a prévia do mês de abril já indica que a taxa deve ultrapassar os 12% ao ano.

O país ainda amarga a terceira maior taxa de desemprego, com 11,1%, atrás apenas de África do Sul e Espanha. Bolsonaro, e o ministro da Economia, Paulo Guedes, tentam argumentar que o país sofre com as consequências da pandemia e da guerra entre Rússia, mas é uma falácia, pois todos os outros países do ranking enfrentam a mesma situação, e retomam crescimento.

A situação do Brasil é drástica, principalmente para os mais pobres. O que acontece no país não é obra do acaso, mas é o resultado de uma escolha do governo Bolsonaro para beneficiar os mais ricos em detrimento da maioria da população. O aumento de preços da gasolina, do diesel e do gás de cozinha é uma decisão política, que poderia ser contornada. Fonte: Bancários Bahia

1 visualização

Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM