• SEEB Juazeiro

Brasil não desperta o interesse internacional



O Brasil está longe de despertar interesse internacional. Resultado da política desastrosa do governo Bolsonaro, que ataca a Constituição, a democracia e não possui um plano estratégico para a retomada da economia com geração de empregos e distribuição de renda.

De acordo com o boletim Focus, a economia brasileira deve ter crescimento de 5,04% neste ano. Abaixo da média mundial de 5,7%. Para 2022, as estimativas de crescimento do PIB foram reduzidas de 1,72% para 1,63%.

O país também despencou da 6ª para 11ª posição no ranking da ONU (Organização das Nações Unidas) dos locais que mais receberam recursos externos em 2020. A redução chegou a patamares de 20 anos atrás.

Sem falar que outros fatores colaboram para o desinteresse dos investidores estrangeiros como o recorde de desemprego - quase 15 milhões de pessoas estão sem trabalho, o custo de vida elevado em decorrência do aumento dos preços dos produtos, a crise hídrica e os sucessivos reajustes na conta de luz e o aumento das desigualdades sociais. Tudo isso reduz o consumo mercado interno.


Fonte: Bancários Bahia.

1 visualização

Busca

Outras Notícias