top of page
  • SEEB Juazeiro

Brasil continua com juros nas alturas




Apesar do recente corte de 0,5% na Selic, o Brasil persiste com a segunda maior taxa de juros reais do mundo, alcançando 5,95%, segundo a consultoria MoneYou. Esta redução modesta não acompanhou as expectativas da sociedade. 


A Selic, agora em 11,25% ao ano, não foi suficiente para posicionar o país em patamares competitivos, mantendo-se apenas abaixo do México, que apresenta juros reais de 6,49%.


Especialistas destacam a necessidade de uma postura mais incisiva por parte do Copom e argumentam que uma diminuição mais substancial dos juros seria o certo para aliviar o custo financeiro enfrentado por empresas e consumidores. 


Ao considerar apenas os juros nominais, o Brasil figura em quinto lugar, compartilhando a posição com o México, enquanto países como Argentina, Turquia, Rússia e Colômbia lideram a lista.


Bancários Bahia

2 visualizações

Comments


Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM
bottom of page