• SEEB Juazeiro

BNB: há 70 anos na luta pela redução das desigualdades



Há 70 anos, o Banco do Nordeste é patrimônio do povo brasileiro, em especial da população nordestina. Fundado no dia 19 de julho de 1952, o BNB é responsável pela execução do FNE (Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste), fundamental para o desenvolvimento da produção agrícola na região, principalmente a agricultura familiar.

Em um ato para celebrar a importância do BNB e lutar contra os ataques do governo Bolsonaro ao banco, nesta terça-feira (19/07), os bancários e o Sindicato da Bahia reforçaram o compromisso de manter o BNB, responsável pelo maior programa de microcrédito orientado da América Latina, o Crediamigo, de pé e assegurar que a empresa continue ajudando a mudar a vida dos brasileiros.

No Edifício Tower, no Costa Azul, um bolo comemorativo aos 70 anos do Banco do Nordeste foi distribuído para os trabalhadores, começando pelos mais antigos para homenageá-los. Destacaram a terceirização dentro do BNB, através de iniciativas que deveriam ser implementadas e internalizadas pelo banco. Mas, a empresa tem sido pulverizada em várias outras para reduzir custos trabalhistas, corte de direitos e rebaixar salários.

Campanha salarial Os diretores do Sindicato percorreram os departamentos do BNB para tratar sobre a campanha salarial e assédio moral, que tem se alastrado e adoecendo os empregados. Ainda falaram sobre PLR, teletrabalho, Covid-19, microcrédito e a situação complicada nas mesas de negociações por se tratar de um banco público. No próximo dia 29, será a terceira rodada de negociação. Fonte: Bancários Bahia

2 visualizações

Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM