top of page
  • SEEB Juazeiro

Bancos empregam mais homens do que mulheres




Além dos dados de desigualdade de gênero no setor bancário, o Comando Nacional reforçou que houve favorecimento do sexo masculino em relação ao emprego. Em 2022 foram abertas 3.933 vagas para os homens e eliminados 1.106 postos de trabalho entre as mulheres.

Para se ter ideia, as admissões de bancárias foram 19,1% menores do que a dos homens, enquanto que os desligamentos foram 5,4% superiores entre as mulheres. A discrepância foi apresentada na mesa de Mesa de Igualdade de Oportunidade entre o Comando Nacional dos Bancários e a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos), nesta terça-feira (14/03).

Mesmo com a alta de 70,4% de profissionais da TI (Tecnologia da Informação) contratados pelos bancos entre 2012 e 2021, houve queda de 31,9% para 24,9% no mesmo período na proporção de mulheres na área. Mais uma vez a questão estrutural reflete na contratação de empregadas, já que historicamente as mulheres sempre foram menos incentivadas a atuar nas áreas tecnológicas.


Bancários Bahia

1 visualização

Comments


Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM
bottom of page