top of page
  • SEEB Juazeiro

Bancários do Bradesco cobram respeito




A política perversa do Bradesco precisa acabar e o movimento sindical fecha o cerco. O banco não tem o menor compromisso com o emprego. No ano passado, demitiu 2.159 bancários, o que resultou no aumento da sobrecarga para quem ficou. 


Após o anúncio de outra reestruturação, os representantes dos trabalhadores cobraram resposta da empresa, em reunião realizada na semana passada. Na prática, a mudança é sinônimo de mais agências fechadas, realocações e demissões. Um transtorno para funcionários e clientes.


A COE (Comissão de Organização dos Empregados) cobrou da direção da empresa a implementação do plano estratégico com a garantia de emprego, além do acompanhamento do processo. Um dos pontos diz respeito às 3 mil contratações prometidas para o setor de tecnologia. 


A iniciativa é tida como positiva, no entanto, antes de abrir as vagas para externos, o COE reivindica que a qualificação de quem já trabalha no banco seja prioridade. 


Bancários Bahia

4 visualizações

Comments


Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM
bottom of page