• SEEB Juazeiro

Bancários assinam a CCT e ACTs da Caixa e BB



Representantes das federações e sindicatos de todo o país assinaram na tarde desta sexta-feira (2/9), a renovação da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria e os acordos específicos dos funcionários do Banco do Brasil e da Caixa.

O presidente da Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe, Hermelino Neto, participou da solenidade, que coroou uma campanha vitoriosa para os trabalhadores. “O acordo que nós assinamos agora é superior ao de 2020, mas nós ainda temos muito que avançar. Embora não tenhamos conseguido zerar a inflação este ano, nós avançamos em vários outros pontos como a PLR, os vales alimentação e refeição, além da inclusão das cláusulas sobre teletrabalho e o assédio sexual. Esses são avanços importantes que temos que comemorar”, ressaltou.

O presidente da Feebbase falou ainda sobre o momento político difícil que o país atravessa. “Temos que fazer uma grande reflexão sobre o momento que estamos vivendo, de ataques à democracia e aos direitos. Em momentos como estes, os trabalhadores são os primeiros a perder direitos. Nós conseguimos manter os nossos, o que é uma grande conquista”, concluiu.

O presidente interino do Sindicato dos Bancários de Sergipe, Everton Castro, também assinou os acordos para os trabalhadores de sua base. 

Com a assinatura da ACT e dos acordos, começa a valer o prazo para pagamento da primeira parcela da participação nos lucros e resultados (PLR), que é até 30 de setembro. O movimento sindical está cobrando e alguns bancos com a possibilidade de antecipação do crédito.

Com validade de dois anos ( 2022 e 2023), a CCT dos bancários garante a manutenção dos direitos, aumento real nos vales alimentação e refeição e no teto da participação nos lucros e resultados (PLR), além de inclusão de novas cláusulas sobre teletrabalho e combate ao assédio sexual e moral.

Na parte econômica, este ano a categoria terá reajuste de 8% nos salários, aumento de 10% nos vales alimentação (VA) e refeição (VR), além de um adicional de R$ 1.000,00 em vale alimentação, a ser creditado até outubro. A proposta também prevê reajuste de 13% para a parcela adicional da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) neste ano e, para 2023, aumento real de 0,5% (INPC + 0,5%) para salários, PLR, VA/VR e demais cláusulas econômicas.

Caixa e BB

O novo Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) dos empregados da Caixa prevê a manutenção de todos os direitos e traz avanços importantes, como o acordo de teletrabalho e a criação do Grupo de Trabalho de condições de trabalho.

No Banco do Brasil, além de manter direitos, o novo ACT também obteve avanços para os bancários, sendo oi principal deles, a revisão da tabela PIP, da Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil (Previ), que impactará em mais recursos à aposentadoria dos trabalhadores do BB.


FEEB BA




4 visualizações

Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM