• Bancários Juazeiro

Minha Casa, Minha Vida pode acabar com corte



Em apenas seis meses, a área habitacional teve cortes de R$ 212 milhões. A redução corresponde a 90% do orçamento previsto para este ano. O levantamento é do Inesc (Instituto de Estudos Socioeconômicos).

Na prática, a medida extingue o Minha Casa, Minha Vida, atualmente maior instrumento social que atende a demanda de moradia digna. Em 10 anos, a Caixa entregou R$ 105 milhões em investimentos e 5 milhões de famílias foram beneficiadas.

O programa gerou ainda mais de 1,2 milhão de empregos e, pelo menos, R$ 163 bilhões voltaram para os cofres públicos em forma de tributos arrecadados. Os números mostram a eficiência e relevância do programa.

A Caixa é hoje responsável pelo financiamento habitacional de sete em cada 10 imóveis no país. Ou seja, 90% da habitação popular. Mais de 17 milhões de unidades foram financiadas desde 1964.

Mas, o governo Bolsonaro deixa claro que o compromisso é com a agenda do sistema financeiro e não com o povo. Os bancos privados pressionam pela fatia do mercado imobiliário e o Palácio do Planalto reza a cartilha direitinho. Bom para o grande capital, ruim para o brasileiro, sobretudo o mais carente.

1 visualização

Busca

Outras Notícias

INSTAGRAM
© Copyright 2017 - Sindicado dos Bancários de Juazeiro e Região (SEEB)
Rua Sete de Setembro, nº 71 - Centro - Juazeiro/BA - CEP: 48.903-670
Fone: (74) 3611-3312 - E-mail: seebjuazeiroeregiao@yahoo.com.br
Todos os Direitos Reservados.