• Bancários Juazeiro

Rotativo do cartão de crédito é grande cilada


No fim do mês, sobram contas, falta dinheiro. Sem verba e com a necessidade de comprar algumas coisas, muita gente recorre ao cartão de crédito. Mas a fatura chega com a dor de cabeça. Em fevereiro, um em cada quatro brasileiros que usaram a modalidade entrou no rotativo.

Segundo pesquisa da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito), quatro em cada 10 brasileiros usaram fizeram compras no cartão de crédito. Mas, é bom utilizar com moderação, já que é uma das modalidades mais caras do mercado, com taxa de 296% ao ano em fevereiro.

A maioria dos brasileiros utilizou o cartão para comprar alimentos (66%). Depois surgem os remédios (46%), roupas e calçados (36%), combustíveis (35%), idas a bares e restaurantes (29%), assinatura de serviços de streaming, como conteúdo de vídeo e áudio, e revistas (19%). Depois do cartão de crédito, a modalidade mais usada pelos brasileiros em fevereiro foi o crediário (10%), seguido do limite do cheque especial (9%), os empréstimos (7%) e os financiamentos (5%).

0 visualização

Busca

Outras Notícias