• Bancários Juazeiro

Iapaz repudia decreto de armas de Bolsonaro


O Brasil registrou 59.080 homicídios em 2015. Isso significa 28,9 mortes a cada 100 mil habitantes. Os dados são do Atlas da Violência, do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada). A maioria das vítimas é jovem. Entre os assassinados 318 mil foram pessoas com idade entre 15 e 29 anos. A pesquisa se refere ao intervalo de tempo entre 2005 e 2015.

Os dados são alarmantes e podem piorar com o decreto que flexibiliza a posse de arma, assinado pelo presidente Jair Bolsonaro. O IAPAZ repudia a iniciativa do governo.

Segundo o presidente do Instituto de Estudo e Ação pela Paz com Justiça Social, Álvaro Gomes, "não existe no mundo estudo que comprove que a liberação e facilitação de armas tenham reduzido a violência". Pelo contrário.

Além do IAPAZ, outras entidades analisam a medida e estudam quais providências podem ser tomadas, desde a conscientização da sociedade sobre os riscos de ter mais armas até ações judiciais que questionem a constitucionalidade do decreto.

4 visualizações

Busca

Outras Notícias