• Bancários Juazeiro

Lucro de R$ 41,9 bilhões e 2.445 vagas fechadas


O primeiro semestre de 2018 foi muito positivo para os bancos. O lucro líquido passou dos R$ 41,9 bilhões. Mas, para o trabalhador a "recompensa" pelo esforço diário foram demissões.

De janeiro a julho, foram eliminadas 2.445 vagas, segundo aponta pesquisa do Dieese (Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômico) feita com dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados).

Itaú, Bradesco, Santander e Banco do Brasil cortaram 1.523 vagas no período. Já a Caixa, sozinha, eliminou 1.021 postos de trabalho, resultado do programa de desligamento de empregados. São Paulo é o Estado com mais desligamentos. Foram 780 postos de trabalho a menos. Em seguida vem Rio de Janeiro (menos 746) e Paraná (menos 322).

A pesquisa ainda revela que somente jovens de até 29 anos tem sido contratados pelos bancos, principalmente entre 18 e 24 anos. As demais faixas apresentaram saldo negativo.

Outro ponto de merece atenção é a desigualdade salarial entre homens e mulheres. As bancárias recebem apenas 71,5% da remuneração média dos trabalhadores do sexo masculino.

Como reflexo da reforma trabalhista, foram registrados 50 casos de demissão por acordo entre empregado e empregador - modalidade implantada desde que a nova legislação entrou em vigor.

0 visualização

Busca

Outras Notícias