• Bancários Juazeiro

Só o pobre sofre. Novos cortes no Bolsa Família


Na política de austeridade de Temer, só o pobre sofre. O governo cortou benefícios sociais de 5,7 milhões de pessoas. Do total, 5,2 milhões do Bolsa Família e 478 mil de auxílios-doença e aposentadoria por invalidez.

O plano é chegar também em outras áreas. A tesoura pode atingir programas como o Fies (Financiamento Estudantil), o seguro defeso (espécie de seguro desemprego temporário do pescador artesanal) e o BPC (Benefício de Prestação Continuada).

Referência, o Bolsa Família, programa de distribuição de renda, em 10 anos (2003-2013), tirou 36 milhões pessoas da extrema pobreza no país. Mas, desde que usurpou o poder, Temer quer barrar os avanços.

Em abril deste ano, o Ministério do Desenvolvimento Social desligou 392 famílias do programa. O segundo maior corte da história do Bolsa Família. Perde apenas para o ocorrido no ano passado, quando 543 mil famílias foram cortadas.

0 visualização

Busca

Outras Notícias