• Bancários Juazeiro

Temer abre cofre por fim da aposentadoria


Não é de agora que o trabalhador brasileiro é atacado pelo governo neoliberal. O presidente Michel Temer não tem poupado esforços para aprovar as mudanças nas regras da aposentadoria até o fim do ano.


Desta vez, o Congresso Nacional aprovou, na calada da noite de quarta-feira (22/11), o projeto de lei que autoriza o repasse de R$ 99 milhões para publicidade da Reforma da Previdência. A intenção é enganar a população, assim como fizeram quando deram o golpe, para ganhar o apoio da opinião pública.


O dinheiro também é um agrado às empresas de comunicação no Brasil, grandes aliadas do governo neoliberal. O projeto autoriza o remanejamento de R$ 6,3 bilhões do orçamento de 2017.


O trabalhador, no entanto, deve se ligar. Com a reforma da Previdência milhões de brasileiros terão de trabalhar até o fim de vida, sem direito ao tão sonhado descanso.


Entre as mudanças propostas por Temer, aumento da idade mínima para se aposentar - 65 anos para os homens e 62 anos para as mulheres - e do tempo mínimo de contribuição - que passa dos atuais 15 anos para 25 anos. E isso não dá benefício integral. Para ter aposentadoria cheia, o cidadão terá de contribuir por 40 anos.

2 visualizações

Busca

Outras Notícias