• SEEB Juazeiro

Taxa média de empréstimo pessoal sobe 0,48%



Os brasileiros estão tendo de se virar para sobreviver com a política ultraliberal do governo Bolsonaro, que penaliza a população mais pobre. Levantamento do Procon revela que, em agosto, a taxa média do empréstimo pessoal subiu 0,48 pontos percentuais em relação ao mês anterior.

Os bancos aproveitam para "meter a faca" e cobram juros abusivos. Nesta modalidade de empréstimo, a taxa média cobrada por BB, Bradesco, Caixa, Itaú, Santander e Safra foi de 6,32% ao mês, acréscimo de 0,03 pontos percentuais na comparação com o mês passado. Variação de 0,48%.

O levantamento mostra que o cheque especial permaneceu sem alteração. Mas as taxas são altíssimas. Quem entra "no esparro" paga 7,96% ao mês. Muitas vezes o cidadão não tem condições de cobrir e o empréstimo vira uma bola de neve.


Fonte: Bancários Bahia.

4 visualizações

Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM