• SEEB Juazeiro

Santander isenta coparticipação de exames ginecológicos



Durante este mês, o Santander vai isentar a cobrança de coparticipação no plano de saúde das funcionárias para os exames de ultrassonografia de mamas, mamografia, papanicolau, colposcopia e ultrassonografia transvaginal. A iniciativa do banco é por conta do Outubro Rosa, campanha de conscientização para alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama, e mais recentemente, sobre o câncer de colo do útero.

O movimento sindical considera a atitude do Santander positiva. Ainda mais que mais de 50% do quadro de funcionários da empresa é composto de mulheres. As entidades reivindicam a redução dos custos do plano de saúde e estabelecimento de um teto nas cobranças dos procedimentos médicos, especialmente da coparticipação.

Porém, o banco deveria adotar este tipo de iniciativa definitivamente. Não só durante o Outubro Rosa. A isenção da cobrança para estes exames é mais uma forma de estimular a prevenção, o autocuidado e o diagnóstico precoce entre as bancárias. Com lucro de R$ 8,1 bilhões de janeiro a junho deste ano, não falta dinheiro para o Santander valorizar as funcionárias. Precoce O diagnóstico precoce pode salvar vidas. Em 95% dos casos, o câncer de mama tem possibilidade de cura se descoberto no início. Além de exames de rotina, hábitos saudáveis, como atividade física e não fumar, podem reduzir em até 28% o risco de uma mulher desenvolver a doença. No caso do câncer de colo de útero, o Inca estimou em 16.590 novos casos em 2020 e 66.280 novos casos do de mama para este ano.


Fonte: Bancários Bahia.

1 visualização

Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM