• SEEB Juazeiro

Os brasileiros não conseguem pagar as contas



Com a política ultraliberal do governo Bolsonaro, os brasileiros vivem com o orçamento apertado. Um em cada quatro pessoas sofre com a falta dinheiro para conseguir pagar todas as contas do mês. Sobram apenas dívidas, o que não é novidade para o trabalhador.

Mais da metade dos entrevistados na pesquisa da CNI (Confederação Nacional da Indústria) reduziu as despesas com lazer, deixou de comprar roupas ou desistiu de viajar. No total, 45% pararam de comer fora de casa, 43% diminuíram gastos com transporte público e 40% deixaram de comprar alguns alimentos. As mudanças no dia a dia não param por aí.

O levantamento mostra que 34% já atrasaram contas de luz ou água, 19% deixaram de pagar o plano de saúde e 16% tiveram de vender algum bem para quitar dívidas. O orçamento das famílias sofre grande impacto diante do aumento de preços de produtos como gás de cozinha, alimentos e combustível.

Sair do vermelho fica cada vez mais difícil e poupar é uma missão quase impossível. Prova disso é que 69% da população não conseguem guardar dinheiro e só 29% são poupadores. Resultado, 64% das pessoas cortaram gastos desde o início do ano e um em cada cinco pegou algum empréstimo ou contraiu dívidas nos últimos 12 meses. Três em cada 10 brasileiros tiveram de recorrer ao famoso “comprar fiado”. Fonte: Bancários Bahia

0 visualização

Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM