top of page
  • SEEB Juazeiro

O Brasil se despede de Pelé, o Rei do Futebol




Nesta quinta-feira (29/12), morreu Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, o maior jogador de futebol da história do Brasil, aos 82 anos. Consagrado como Rei do Futebol e Atleta do Século, era a personalidade brasileira mais conhecida e reverenciada do mundo, recebido em vários países com honras de chefe de estado. Era a própria representação icônica do futebol no mundo todo. O velório será em Santos, no litoral paulista, na segunda-feira, 2 de janeiro.


Ele estava internado desde 29 de novembro no hospital Albert Einstein, em São Paulo, em virtude de uma infecção respiratória após ele contrair Covid-19 e para a reavaliação do tratamento de um câncer no cólon. Na tarde desta quinta, o hospital anunciou seu falecimento.

As aparições públicas se tornaram cada vez menos frequentes nos últimos anos. Em redes sociais, ele manifestava otimismo com a recuperação. Pelé teve sete filhos e estava casado desde 2016 com Márcia Aoki.

Pelé recebeu diversas homenagens durante a Copa do Mundo de 2022, já internado durante os jogos, inclusive de jogadores como Richarlison e Mbappé, além de torcedores que exibiram faixas nos estádios.

Pelé estreou na Seleção em 1957, numa partida da Copa Roca contra a Argentina, quando também fez seu primeiro gol representando o Brasil. É o único jogador a vencer três Copas: com apenas 17 anos, venceu a Copa do Mundo na Suécia, em 1958; no Chile, em 1962; e no México em 1970. Mas seus números no futebol são todos superlativos em termos de campeonatos e gols, e dificilmente serão superados.

Com informações do Vermelho

1 visualização

Comments


Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM
bottom of page