• SEEB Juazeiro

Na SESAB, bancários reforçam pedido de vacinação




Em busca da vacinação dos trabalhadores dos bancos, dirigentes da Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe e dos sindicatos do estado se reuniram com o secretário de Saúde da Bahia, Fábio Vilas Boas, e o secretário do Trabalho, Emprego e Renda, Davidson Magalhães, na tarde desta terça-feira (25/5), em Salvador.


Durante o encontro, o presidente da Federação, Hermelino Neto, falou do grande número de casos de covid-19 no setor e abordou aspectos do problema no interior do estado. “Em Feira de Santana, por exemplo, todas as 28 agências bancárias já foram fechadas devido a casos de covid. Em Camaçari, 12 das 17 unidades também já tiveram funcionários contaminados. Algumas agências fecharam mais de uma vez, pela mesma questão. Tem ainda, casos de pessoas que coabitavam com o bancário contaminado e faleceu devido à doença”, ressaltou.


O secretário de Saúde foi muito receptivo e se mostrou muito sensível à solicitação dos bancários e pediu que apresentasse os dados técnicos para que a SESAB possa avaliar e levar à Comissão Intergestores Bipartite ( CIB). Acrescentou também, que a tendência a partir de agora, é de que o Ministério da Saúde oriente a vacinação por faixa etária. A proporção atual e de 70% de vacina por idade e 30% por categoria. A partir da próxima semana será de 80% por idade e 20% por categoria.


Os dirigentes entregaram formalmente, os documentos com os resultados da pesquisa com a categoria e outros dados coletados pelos sindicatos. Agora vão aguardar uma resposta.

A atividade contou com a participação de representantes dos sindicatos da Bahia, Camaçari, Feira, Jequié e Vitória da Conquista.


Essenciais

As agências bancárias foram mantidas em funcionamento mesmo nos piores momentos da pandemia . Se o serviço é considerado essencial, o mesmo tratamento deve ser dado aos trabalhadores do setor. Por isso, as entidades sindicais têm reivindicado a inclusão de bancários, vigilantes e prestadores de serviço no Plano Nacional de Imunização ( PNI).

O Comando Nacional dos Bancários solicitou a vacinação ao Ministério da Saúde. Sindicatos e federações têm feito pedidos semelhantes nos planos estadual e municipal.

Em março, a Feebbase enviou ofícios às secretarias de Saúde da Bahia e de Sergipe pedindo atenção para a categoria. Os sindicatos filiados também já conseguiram a aprovação de projetos de indicação para vacinação dos bancários nas câmaras de vereadores de diversas cidades dos dois estados.

Nesta segunda-feira (24), o Comando reforçou também o pedido de empenho da Federação Nacional dos Bancos para inclusão dos funcionários no PNI.

Essenciais

As agências bancárias foram mantidas em funcionamento mesmo nos piores momentos da pandemia . Se o serviço é considerado essencial, o mesmo tratamento deve ser dado aos trabalhadores do setor. Por isso, as entidades sindicais têm reivindicado a inclusão de bancários, vigilantes e prestadores de serviço no Plano Nacional de Imunização ( PNI).

O Comando Nacional dos Bancários solicitou a vacinação ao Ministério da Saúde. Sindicatos e federações têm feito pedidos semelhantes nos planos estadual e municipal.

Em março, a Feebbase enviou ofícios às secretarias de Saúde da Bahia e de Sergipe pedindo atenção para a categoria. Os sindicatos filiados também já conseguiram a aprovação de projetos de indicação para vacinação dos bancários nas câmaras de vereadores de diversas cidades dos dois estados.

Nesta segunda-feira (24), o Comando reforçou também o pedido de empenho da Federação Nacional dos Bancos para inclusão dos funcionários no PNI.


Feeb Base

2 visualizações

Busca

Outras Notícias