• SEEB Juazeiro

Má gestão de Bolsonaro leva o país à beira do apagão



A negligência do governo Bolsonaro com a crise hídrica gravíssima pode levar a um cenário de altas tarifas da conta de luz, racionamento e blecaute. O Brasil opera no limite e está a beira do segundo apagão elétrico em duas décadas. Além de correr sério risco de ficar na escuridão total, o cidadão ainda vai pagar mais caro pelo serviço. A previsão é de que a conta de luz seja reajustada em mais 15%. O ministro da Economia, Paulo Guedes, ainda faz ironia. No lançamento da Frente Parlamentar do Empreendedorismo, na Câmara dos Deputados, questionou qual seria "o problema de a conta de luz ficar um pouco mais cara".

É bom o cidadão preparar o bolso. A previsão é de que o reajuste seja feito em setembro. Os especialistas afirmam que o aumento pode levar o atual patamar 2 de R$ 9,49 por kw/h consumido para R$ 11,00 ou até R$ 15,00. O pior é que o brasileiro pode nem ter luz. O risco de apagão ainda neste ano é grande.

Tem mais. O aumento contribui para a disparada da inflação, que já está altíssima e se aproxima de dois dígitos no Brasil. Vale lembrar que foi Jair Bolsonaro quem colocou fim no Horário de Verão, uma iniciativa que servia para economizar energia.


Fonte: Bancários Bahia

3 visualizações

Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM