top of page
  • SEEB Juazeiro

Intransigente, Itaú demite bancária sem CPA-10




O mostra o quão cruel é a política dos bancos com os trabalhadores. O Itaú demitiu uma funcionária, com 14 anos na empresa, sob alegação de que não tinha a certificação Anbima CPA-10.

Detalhe: no feedback, o gestor da unidade reconhece o alto desempenho da bancária, que conseguiu bater todas as metas e resultados. Mas, ao final, afirma que a trabalhadora não poderia atuar na função. Uma intransigência.

Em reunião com a COE (Comissão de Organização dos Empregados), no último dia 20, a direção do banco informou novas medidas com relação às certificações. Para trabalhadores que fizeram a prova e não passaram, 60 dias para obter a certificação. Já os trabalhadores que não fizeram nenhuma tentativa, serão advertidos e terão os mesmos 60 dias para obter a certificação.

A COE cobra do Itaú que reveja a postura neste caso e esclareça os critérios que podem levar a demissão destes bancários. Importante destacar que a resolução do Banco Central exige o certificado apenas para as atividades “de distribuição e mediação de títulos, valores mobiliários e derivativos”.

Bancários Bahia

1 visualização

Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM
bottom of page