• SEEB Juazeiro

Governo quer privatizar tudo. Até o Caixa Tem


A partir deste mês, o pagamento do Bolsa Família será realizado através da Poupança Social Digital, assim como acontece com o auxílio e FGTS emergencial. A atitude pode ser mais uma etapa para facilitar a privatização do banco digital. O governo Bolsonaro e da direção da Caixa querem engordar o ativo com as novas contas para poder vender a subsidiária.

Mesmo enxergando as ameaças, o movimento sindical considera a iniciativa positiva, pois a abertura das contas, que será feita de forma automática, vai promover a inclusão bancária de mais de 9 milhões de famílias. Não será necessário ir nas agências e nem apresentar documentos.

Só que existem riscos para os beneficiários. Se a venda for confirmada, o banco digital passará para o domínio de um investidor privado. Pode não ter o interesse em fazer a gestão de uma política pública destinada à população mais vulnerável do país e atingida pela pandemia.

O Caixa Tem, que funciona como coração do banco digital, é resultado do trabalho os empregados em tempo recorde para desenvolver a ferramenta e tornar possível o pagamento do auxílio emergencial. Apesar disso, o governo não pretende usar o aplicativo como instrumento para fortalecer o banco e consolidar as operações digitais. Está mais interessado em entregar de bandeja a área para os investidores estrangeiros.


Com informações Bancários da Bahia

1 visualização

Busca

Outras Notícias

INSTAGRAM
© Copyright 2017 - Sindicado dos Bancários de Juazeiro e Região (SEEB)
Rua Sete de Setembro, nº 71 - Centro - Juazeiro/BA - CEP: 48.903-670
Fone: (74) 3611-3312 - E-mail: seebjuazeiroeregiao@yahoo.com.br
Todos os Direitos Reservados.