• SEEB Juazeiro

Funcionários do BB contra retorno presencial



O comunicado do Banco do Brasil informando que os funcionários que estão em home office e não pertencem ao grupo de risco poderiam retornar ao trabalho presencial, de forma voluntária, a partir desta segunda-feira (20/09), não foi bem recebido pelos trabalhadores. O BB quer que os bancários voltem mesmo sem estarem vacinados ou sem completar as duas doses do imunizante.

O trabalho presencial pode aumentar o risco de contaminação pela Covid-19. Ainda mais em locais fechados. É complicado seguir todas as regras e protocolos de distanciamento e higiene com maior número de pessoas no ambiente. A CEBB (Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil) é contra o retorno e aguarda reunião com a direção da empresa para tratar do assunto.

Em todo o país, os sindicatos recebem denúncias sobre o fato de ser voluntário é a nova forma de o banco cobrar metas de volta de pessoas. Há relatos de gerentes gerais convocando indiscriminadamente funcionários na Ditec, em departamentos como Cenops. A postura do BB é absurda.

O funcionalismo quer ser respeitado. A decisão do Banco do Brasil de convocar os bancários foi unilateral e não teve nenhum diálogo com o movimento sindical. A pandemia ainda não acabou. O retorno ao presencial precisa de planejamento e prudência para restabelecer a volta dos trabalhadores com segurança.


Fonte: Bancários Bahia.

15 visualizações

Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM