top of page
  • SEEB Juazeiro

Fim do gatilho de coparticipações na Cassi




Enfim, uma das reivindicações do movimento sindical para os associados da Cassi foi atendida. Foi anunciado oficialmente o fim do gatilho das coparticipações na Caixa de Assistência dos Funcionários do Banco do Brasil. Ou seja, cai o mecanismo de aumento automático de 10% para 20% no custo de coparticipações em exames e de 30% para 40% nas consultas e terapias.

A regra, aprovado o início de 2022 na gestão anterior, encarecia o acesso ao plano. Por isto, se não fosse derrubada, o aumento poderia ser implementado a partir de janeiro. O Conselho Deliberativo já tinha aprovado o fim do mecanismo na semana passada durante a última reunião do ano, que foi marcada por debates entre eleitos e indicados sobre alta de coparticipações do Plano de Associados.

Em relação às medidas estratégicas e de contingência, aprovadas ao longo de 2022 e 2023 para a Caixa de Assistência, o entendimento comum entre eleitos e indicados é de que são consideravelmente mais efetivas. A principal é a expansão da Atenção Primária à Saúde, cujo foco é a prevenção, e que a partir de 2024 será estendida para as cidades do interior, através de serviço parceiros e de telemedicina.

O CD ainda determinou que a diretoria da Cassi procure o BB e o movimento sindical para instalar mesa de negociação com o intuito de facilitar o início das discussões para análise e aperfeiçoamento do modelo de custeio. É bom lembrar que a Caixa Assistência é um benefício do associado com objetivo de cuidar da saúde, a partir da autogestão. Os trabalhadores precisam de um plano economicamente sustentável sem deixar de ser solidário e humanizado. 


Bancários Bahia

9 visualizações

Comments


Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM
bottom of page