• SEEB Juazeiro

Emprego de baixa remuneração no pós-pandemia



As expectativas não são nada boas para o futuro do Brasil governado por Bolsonaro. Com quase 15 milhões de desempregados e a informalidade em alta, a herança para o mercado de trabalho brasileiro será empregos de baixa-qualificação (baixa remuneração) após a pandemia de Covid-19.

Segundo os pesquisadores do Ibre-FGV (Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas), as ocupações informais se destacam na quantidade de novos postos de trabalho. São vendedores, ambulantes e empregos de baixa qualificação.

Na contramão, funções ligadas à ciência, tecnologia, engenharia e matemática ganham espaço no mundo, com, expressivo aumento no número de vagas e dos salários. Serviços de saúde, transporte de mercadorias e para empresas também crescem em outros países. Triste realidade no Brasil.


Fonte: Bancários Bahia.

1 visualização

Busca

Outras Notícias