• SEEB Juazeiro

Democracia no Brasil é ameaçada com Bolsonaro




A democracia brasileira segue ameaçada com a necropolítica fascista de Bolsonaro, colocando todas as instituições sob risco. Os ataques do presidente são vistos com preocupação em todo o mundo. Não é à toa que o Brasil está na lista das 12 nações em situação de séria ameaça à democracia. O ranking é elaborado pelo V-Dem (Instituto Variedades da Democracia), da Suécia.

A análise ressalta que antes de uma ruptura as democracias tendem a sofrer com erosões progressivas e a ascensão de regimes que nutrem desprezo pela democracia está relacionada com a ascensão da extrema direita no mundo.

Croácia, República Tcheca, Guiana, Ilhas Maurício e Eslovênia também foram incluídos na lista. Mas, segundo o V-Dem, os países que mais sofreram decadência democrática foram Brasil, Polônia, Hungria, Índia e Turquia.

A partir de 2015, ano em que se iniciou o golpe jurídico-parlamentar-midiático, o cenário no Brasil se desgastou severamente. No entanto, a queda foi maior em 2018, com a eleição de Bolsonaro.

A pesquisa leva em consideração também a escalada da desinformação e fake news nas disputas eleitorais e pelos próprios governos instituídos. “Os governos aumentaram o uso de desinformação para manipular a opinião pública doméstica e internacional”. É o caso do governo Bolsonaro. Para o instituto sueco, “o aumento no nível de mobilizações pró-ditaduras pode ser sinal de que os líderes autocráticos estão mais ousados na demonstração de suas ‘legitimidades'”.


Bancários Bahia

2 visualizações

Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM