• SEEB Juazeiro

CEE exige cumprimento de protocolos sanitários na Caixa



O número de contaminação pela Covid-19 volta a crescer e assustar o mundo. Em apenas um dia, foram registrados 2,59 milhões de casos em todo o planeta, 45.717 somente no Brasil. Paralelamente, o país enfrenta um surto da Influenza, com uma nova variante. Os dados são realmente preocupantes.

Na Caixa, há muitas denúncias de crescimento de contaminação dos bancários. Diante do quadro, a CEE (Comissão Executiva dos Empregados) enviou ofício à direção do banco, solicitando mais rigor na fiscalização e cumprimento dos protocolos sanitários, com uso de máscara entre todos – trabalhadores e clientes -, utilização de álcool gel e distanciamento.

No documento, a CEE destaca o caso de unidades bancárias sem devido distanciamento, empregados sem máscara, aglomerações nos refeitórios, ausência de sinalização dos protocolos vigentes, entre outros. Com o novo cenário e uma possível explosão de casos se desenhando, também solicita a ampliação do trabalho remoto, colocação de todos os empregados com suspeita de covid e de gripe em quarentena e aplicação de testes nos demais das unidades com casos suspeitos.

Em outro ofício, a CEE reivindica o afastamento imediato dos trabalhadores doentes das atividades laborais. É inadmissível que diante do atual cenário, o banco mantenha os empregados em plena atividade. Há diversas denúncias de que os empregados atendidos pelo teleatendimento do Saúde Caixa, apesar de estarem de atestado médico, são direcionados ao trabalho telepresencial. Fonte: Bancários Bahia

5 visualizações

Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM