• SEEB Juazeiro

CEE critica uso político do programa Caixa pra Elas



A Caixa não pode ser usada como instrumento política partidário. A CEE (Comissão Executiva dos Empregados) do banco público ressalta a importância de programas direcionados às mulheres, mas critica o uso político do Caixa pra Elas.

De acordo com os representantes dos trabalhadores, o projeto foi lançado para amenizar a repercussão negativa dos escândalos das denúncias de assédios sexual e moral praticados contra bancárias da Caixa pelo ex-presidente da instituição financeira, Pedro Guimarães, que não são tratados com a devida gravidade.

No Brasil governado por Bolsonaro, as mulheres são as mais prejudicadas. As brasileiras precisam de casa própria, de autonomia financeira e não de seguros, e de acesso a crédito, que já existem. Na mesa de negociação específica, realizada na sexta-feira (12/08), a CEE também voltou a cobrar informações sobre o andamento da apuração das denúncias.

Como o teletrabalho está sendo discutido entre o Comando Nacional e a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos), as regras para a modalidade devem ser debatidas com a Caixa em outra reunião. A próxima mesa está marcada para esta terça-feira (16/08), às 15h.

Fonte: Bancários Bahia

0 visualização

Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM