• SEEB Juazeiro

Caixa deve apresentar relatório sobre assédio sexual




A situação do ex-presidente da Caixa, Pedro Guimarães, e de pessoas ligadas a ele pode ficar ainda pior. O resultado da investigação feita pela Corregedoria interna do banco será compartilhado com o MPF (Ministério Público Federal) e MPT (Ministério Público do Trabalho), que também apuram as denúncias.

O relatório sobre denúncias de assédio sexual contra empregadas possui centenas de páginas com depoimentos das vítimas e documentos que confirmam as suspeitas.

Mesmo a Corregedoria tendo autoridade para conduzir as apurações, pessoas ligadas à antiga cúpula do banco tentaram impedir que o relatório reforçasse as denúncias de assédio, segundo o portal Metrópoles.

Não para por aí. O motorista de confiança de Pedro Guimarães foi afastado após ter sido colocado como agente de segurança na entrada da sala destinada para receber as mulheres que queriam fazer denúncias.

A Caixa não pode continuar tentando abafar os casos sem dar uma devida solução para o problema e deve responsabilizar os possíveis culpados.


Bancários Bahia

2 visualizações

Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM