• SEEB Juazeiro

Caixa, Correios e Eletrobras lucram de R$ 21 bilhões


Na mira da privatização pelo governo Bolsonaro, as estatais seguem contradizendo os argumentos de ineficiência e que causam prejuízo aos cofres públicos. Juntos, Caixa, Correios e Eletrobras registraram lucro líquido de R$ 21 bilhões no ano passado.

Com balanço de R$ 13,17 bilhões em 2020, a Caixa tem sido visada na saga da privatização orquestrada pelo governo. O banco público que pagou auxílio emergencial no total de R$ 293,1 bilhões para 67,9 milhões de pessoas, é fatiado para pulverizar o papel social e ser colocado nas mãos do capital privado.

Outro que está na fila das privatizações são os Correios, que tiveram lucro líquido de R$ 1,53 bilhão em 2020. Um PL inclui a empresa pública mais antiga do Brasil no Programa Nacional de Desestatização. A companhia teve crescimento, por exemplo, com encomendas, que subiram 9% em relação ao ano anterior, por conta do aumento do comércio eletrônico em decorrência da pandemia.

A Eletrobrás também está na lista. A Medida Provisória 1.031/2021 aprovada pela Câmara Federal amplia a participação do capital privado na estatal. A empresa, que está vinculada ao Ministério de Minas e Energia, registrou lucro de R$ 6,387 bilhões em 2020.

3 visualizações

Busca

Outras Notícias