• SEEB Juazeiro

Câmara Municipal debate reajuste da gasolina e do gás



Resultado da administração desastrosa do governo Bolsonaro, a gasolina tem pesado como nunca no bolso do brasileiro. O valor nas bombas passa dos R$ 7,00 em algumas cidades. Em Salvador, custa, em média, R$ 6,69. O botijão de gás também disparou, chegando a passar dos R$ 130,00. O assunto foi pauta de sessão na Câmara Municipal de Salvador. O presidente do Sindicato dos Bancários da Bahia e vereador, Augusto Vasconcelos, criticou a política de preços da Petrobrás, alinhada ao preço do dólar. Ele chamou atenção que com o desemprego recorde, a saída para milhares de pessoas foi virar motorista por aplicativo. Mas, com a alta dos combustíveis, não está mais compensando dirigir pelas plataformas. Augusto lembrou que mesmo que com uma das mais importantes jazidas de petróleo do mundo, a Bacia de Campos, responsável por 80% da produção de petróleo, os brasileiros têm de pagar pelo preço absurdo dos combustíveis. Também lembrou a "ajuda" que o governo Bolsonaro deu aos bancos, o setor mais lucrativo do país. "Quase metade de tudo que nós arrecadamos em tributos no Brasil vai para a rolagem de juros da dívida. No Sindicato dos Bancários, enfrentamos o setor mais poderoso da economia. Os bancos 'abocanham' metade da riqueza que nós produzimos. Quer dizer, não tem dinheiro para pagar o Auxilio Brasil, mas tem para manter a farra dos juros", acrescentou o presidente do SBBA.

Fonte: Bancários Bahia.



2 visualizações

Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM