• SEEB Juazeiro

Benefícios sociais ganham destaque na transição




O governo do presidente eleito Lula já dá claros sinais de atenção redobrada à população mais carente. O primeiro compromisso da equipe de transição foi as discussões do orçamento para 2023, com o objetivo de possíveis saídas para o pagamento dos benefícios sociais.

A principal meta é a manutenção do Auxílio Brasil, que voltará a se chamar Bolsa Família, de R$ 600,00, e ganho real do salário mínimo. Também foram discutidos os investimentos para os programas Farmácia Popular e Merenda Escolar, desoneração dos combustíveis, além da correção da tabela do Imposto de Renda e ações para zerar as filas do SUS.

O grande impasse encontrado durante a transição são os resquícios do governo Bolsonaro, que não prevê recursos para as medidas. O orçamento proposto não tem verba para a correção da merenda escolar, nem para o Farmácia Popular, além de trazer cortes para a saúde indígena, vacinas e outros serviços.

Toda a equipe formada pelo presidente Lula terá agora o árduo trabalho de reconstruir e recuperar os benefícios sociais, além das conquistas dos trabalhadores.

Bancários Bahia

1 visualização

Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM