top of page
  • SEEB Juazeiro

Bancos demitem mais de 70 mil bancários em 9 anos




Os bancos se aproveitam da modernização tecnológica para demitir e encher mais os cofres. Entre janeiro de 2014 e fevereiro deste ano foram fechadas 5.716 agências e demitidos 70.445 funcionários. É o que indica o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos).

A estimativa é de que no país tenha mais de um smartphone por habitante e os bancos, para lucrar mais, apostam nos apps com funções de autoatendimento e deixam de lado os clientes que preferem o atendimento humanizado. Discriminação.

O movimento deve continuar, segundo especialistas. O que deve resultar em agências ainda mais cheias, filas enormes, precarização do atendimento e funcionários sobrecarregados e adoecidos, afetados principalmente por doenças psicológicas.

Só em março, terceiro mês consecutivo de cortes, o volume de demissões ficou 39% acima da média mensal deste ano, quando o número de desligamentos chegou a 1.474. Enquanto as contratações ficaram 16,5% abaixo da média mensal registrada no setor.

Sem falar que devido à transformação digital, os novos postos de trabalho, na maioria dos casos, foram de profissionais de tecnologia da informação como programadores, analistas e gerentes de produtos. Muitos, terceirizados. Ou seja, sem os direitos da categoria bancária.


Bancários Bahia

3 visualizações

Comentários


Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM
bottom of page