• SEEB Juazeiro

Bancários do Santander são contra trabalho ao sábado



O Santander queria acabar com o descanso dos bancários e impor o trabalho ao sábado em meio ao aumento de casos de Covid-19 e o surto de Influenza no Brasil. Na semana passada, o banco pegou todos de surpresa e comunicou a abertura de todas as 3 mil agências no último sábado (22/01), sem negociar com o movimento sindical. Uma atitude totalmente cruel, mas que foi barrada em alguns locais, a exemplo da liminar obtida pelo Sindicato dos Bancários da Bahia. A decisão da Justiça impediu o Santander de abrir as unidades no Estado. Pesquisa do movimento sindical mostrou que 93% dos funcionários não querem trabalhar aos sábados e 56% só souberam pela televisão sobre a abertura das agências. A falta de respeito foi tão grande que o levantamento apontou que 78% dos funcionários não conseguiram falar com os gestores sobre os filhos e outras situações pessoais que dificultava irem para o trabalho ao sábado. Além de desrespeitar os empregados, o Santander ignora completamente o alto índice de contaminação pela Covid-19. A média móvel diária já passa de 160 mil no país. O cenário é preocupante, mas a empresa só quer saber dos lucros.


Fonte: Bancários Bahia

0 visualização

Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM