top of page
  • SEEB Juazeiro

Ação do MPF cobra da Caixa melhorias no atendimento



A Caixa reduziu bruscamente o quadro de pessoal nos últimos anos. Cerca de 20 mil postos de trabalho foram fechados. Já a carteira de cliente aumentou consideravelmente, para 145,7 milhões. Sem empregado suficiente para atender a demanda, a espera é longa. Diante do problema, o MPF (Ministério Público Federal) ajuizou uma Ação Civil Pública, por melhorias no atendimento.

O movimento sindical denúncia a precariedade nas condições de trabalho e a falta de pessoal há muito tempo. Atualmente, a Caixa possui 81.876 trabalhadores. Em média, um bancário atende 1.780 correntistas.

A atual gestão da empresa é baseada na cobrança de metas desumanas. Quem deixa de cumprir é assediado. Um cenário adoecedor que tem afastado milhares de bancários das atividades.

A ação movida pelo MPF é extremamente importante para reforçar a luta das entidades representativas e dos empregados do banco por melhores condições de trabalho e de atendimento à população, o que passa, inevitavelmente, pela ampliação considerável do quadro de pessoal.

3 visualizações

Commentaires


Busca

Outras Notícias

insta.png
INSTAGRAM
bottom of page