• Bancários Juazeiro

Santander demite 20 pessoas por dia na pandemia


A política de demissão do Santander em meio a pandemia do coronavírus é cruel e ostensiva. De acordo com as pesquisas dos Sindicatos de todo o Brasil, o banco desligou cerca de 20 pessoas por dia útil de 5 de junho a 3 de julho.

Segundo o levantamento, até a última sexta-feira (03/07), o banco havia demitido pelo menos 433 funcionários, não respeitando o acordo assinado pela empresa de que não haveria desligamentos durante a pandemia.

As demissões acontecem em diversos estados brasileiros. Dos cinco maiores bancos do país (Banco do Brasil, Bradesco, Caixa e Itaú), o Santander é o único que mantém a política de desligamentos sem justa causa.

O banco espanhol continua em silêncio sobre o assunto, e responde que não irá comentar as demissões. Também não divulga o número real de desligamentos, nem muito menos se tem realizado contratações.

Não é só isso. A cobrança de metas aumentou significativamente durante a crise sanitária. Os bancários também reclamam de ameaças caso não cumpram as metas, e assim trabalham em um ambiente hostil de pressão.

0 visualização

Busca

Outras Notícias

INSTAGRAM
© Copyright 2017 - Sindicado dos Bancários de Juazeiro e Região (SEEB)
Rua Sete de Setembro, nº 71 - Centro - Juazeiro/BA - CEP: 48.903-670
Fone: (74) 3611-3312 - E-mail: seebjuazeiroeregiao@yahoo.com.br
Todos os Direitos Reservados.