• Bancários Juazeiro

Assédio cresce com pandemia e trabalho remoto


Para conter a disseminação do novo coronavírus e o colapso no sistema de saúde, a orientação dos órgãos competentes é de isolamento social. Com isso, muitas empresas adotaram o trabalho remoto, o que para muitos trabalhadores tem sido um verdadeiro pesadelo. O assédio moral se tornou ainda mais recorrente.


Não é raro ouvir relatos de desrespeito e rompimento da relação casa e trabalho e de sobrecarga. Muitos funcionários têm trabalhado nos feriados e fins de semana. Sem nenhuma contrapartida. Sem contar com as ligações e mensagens no celular a qualquer hora e imposição de cumprimento de prazos rigorosos.


Por medo de demissões, sobretudo neste momento de crise, muitos funcionários se submetem à exploração, humilhações e excesso de trabalho. Mas, preservar a saúde mental deve ser prioridade. O assédio leva ao adoecimento.

0 visualização

Busca

Outras Notícias