• Bancários Juazeiro

Pedidos de auxílio-doença devem ser concluídos



Segundo o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), os requerimentos de auxílio-doença feitos no início da pandemia causada pelo novo coronavírus devem ser praticamente zerados até o fim desta semana. Cerca de 280 mil pedidos do benefício estão em análise, somando aos demais requerimentos iniciais, são 615 mil pedidos que ainda precisam ser analisados pelo Instituto.

Em função da pandemia, um novo sistema foi desenvolvido para fazer a antecipação, com um a nova funcionalidade de navegação do (portal ou aplicativo) Meu INSS para anexar o atestado médico. Com isto, o perito médico pode realizar uma análise de conformidade para que seja feia a antecipação no valor de um salário mínimo (R$ 1.045,00).

Desde março, em torno de 610 mil requerimentos foram feitos, porém mais de 80 mil foram duplicados. O tempo de espera demorou neste caso porque alguns trabalhadores tinham solicitado o auxílio-doença e agendado a perícia para abril, mas com a suspensão do atendimento presencial, o procedimento não foi realizado. O sistema exigiu que a pessoa anexasse o atesto pelo aplicativo para receber a antecipação. No entanto, alguns empregados não utilizaram o mesmo requerimento e fez um novo, duplicando.

Outro fator que diminuiu a fila de espera nos pedidos do auxílio-doença é que devido o fechamento da agências do INSS em decorrência da Covid-19, a maioria dos servidores está em teletrabalho, o que aumentou o número de pessoas analisando os benefícios.

0 visualização

Busca

Outras Notícias