• Bancários Juazeiro

Desrespeito. Funcef aprova mudanças no estatuto



Em meio à pandemia de Covid-19 e sem qualquer aviso, a Funcef aprovou alterações no estatuto. Na última quinta-feira (29/04), a Fundação golpeou os participantes, pois o anúncio significa aprovação do voto de Minerva no CD (Conselho Deliberativo), mudanças nas eleições e fim de diretorias.

Com a mudança, a Caixa terá prerrogativa para alterar planos e no próprio estatuto, sem que seja necessário obter maioria de votos do Conselho Deliberativo. Um dos prejuízos pode acarretar na retirada de patrocínio e altera o limite das próprias contribuições (quebra de paridade).

As diretorias serão reduzidas, passando de seis para quatro, mas a Funcef não informa quais serão afetadas. Além disto, vai modificar o processo eleitoral para escolha de integrantes de metade do CD, do CF (Conselho Fiscal) e da Diretoria-executiva para ser individualizado, por nomes. Hoje, a eleição é feita através chapas integradas por candidatos a todos os cargos em disputa.

Com a alteração, estabelece o fim do quarto voto. Quer dizer que as mudanças podem ser aprovadas se forem registrados três votos favoráveis e três contrários. Em caso de empate, a patrocinadora, a Caixa, usará o voto de desempate, prerrogativa do presidente do CD indicado pelo banco.

Ao invés de diminuir a taxa de juros do CredPlan, retomar o debate sobre a implementação da revisão do equacionamento ou sobre os estudos do contencioso judicial, a Funcef ataca os participantes.

0 visualização

Busca

Outras Notícias